fbpx

A importância da tecnologia nos 4 pilares da educação

4-pilares-da-educação-sala-de-aula

Os desafios educacionais nunca foram tão grandes. Além de fornecer conhecimento, cabe à escola ajudar a formar um cidadão para a vida. É nisso que os 4 pilares da educação se propõem a ajudar, contribuindo para que essa formação seja completa. E cada vez mais a tecnologia tem se tornado uma aliada de sua prática.

Antes de qualquer coisa, é preciso entender o que é e de onde veio esse conceito como base de ensino e aprendizado. Em 1996, a Comissão Internacional sobre Educação elaborou um relatório chamado “Educação: um tesouro a descobrir” para a UNESCO, se tornando um importante guia. Desde então, o documento auxilia instituições a estabelecer suas metas de ensino, bem como a manter os indivíduos em constante aprendizado.

Quais são os 4 pilares da educação

Organizado por Jacques Delors, economista, ex-presidente da União Europeia e organizador da pesquisa, o famoso relatório explica que o papel de ensino não é único da escola. É importante compreender a educação como um direcionamento para toda a vida. O documento é tido como referência de como aprender ao máximo e incentivar o desenvolvimento de habilidades.

Relembre ou conheça quais são os 4 pilares da educação:

  • aprender a conhecer — esse primeiro fundamento está ligado ao despertar do aluno em querer saber mais. É preciso incentivar a autonomia e o prazer por novas informações e conhecimentos como um todo. Para a geração que cresce agora com ferramentas como o Google, é também saber diferenciar aquilo que importa dentro das inúmeras possibilidades da internet. O conhecimento de mundo serve como abertura para novos tipos de saberes;
  • aprender a fazer — o segundo pilar envolve obter habilidades que possam colocar o conhecimento em prática. Podem ser cursos de informática, por exemplo, que facilitem entrada ou permanência no mercado de trabalho. Aqui, é importante não esquecer que a tecnologia não deve ser ignorada. Um treinamento em digitação é algo fora da realidade atual. Esse tipo de avanço não deve ser ignorado;movplan-treinamento
  • aprender a viver com os outros — essa pode ser uma das prioridades educacionais atualmente. A convivência respeitosa é resultado de aprendizados sobre tolerância e empatia ao outro. Tratar abertamente sobre assuntos como violência, preconceito e diversidades torna a educação um meio de incentivar uma coexistência pacífica;
  • aprender a ser — um cidadão completo exige uma formação por inteiro. Esse pilar é resultado dos outros três. Aqui, espera-se que o indivíduo tenha autonomia e pensamento crítico. É preciso que o indivíduo aprenda a fazer distinção sobre certo e errado de forma prática e também intuitiva. Essa noção passa não apenas por conhecimentos técnicos, mas pelo preparo mental para as mais diversas situações.

Claro que esses são breves resumos de cada pilar. O relatório chegou a virar um livro, com muitos detalhes de sua elaboração e sua aplicação na prática. Até hoje é uma das obras mais referenciadas ao se falar em educação.

Como a tecnologia pode se aliar aos 4 pilares da educação

Conhecendo como funciona a base dessas recomendações, fica mais fácil perceber como a tecnologia pode se encaixar em sua implementação. O primeiro pilar é muito relacionado à sede de conhecimento. E existem milhares de novas ferramentas que podem facilitar o desejo de aprendizado. Em sala de aula, o uso de um quadro digital demonstra claramente como a internet pode ser uma fonte de ensinamento. A maior parte das limitações de duas décadas atrás caíram por terra.

+ LEIA MAIS: Inclusão digital: ferramentas que promovem a educação através da tecnologia

No segundo pilar, treinamentos e profissões só têm a ganhar. Existem conhecimentos que deixaram de ser essenciais e foram assumidos por máquinas. Já outros, mais conscientes, ganharam um novo poder. Aprender a utilizar uma plataforma ou ferramenta, por exemplo, permite avançar em uma ocupação ou atividade.

Ao falar em convivência, as novas tecnologias permitem um grau de interatividade completamente novo. É possível estar em contato com alguém com muita afinidade, porém, muito distante. Dessa forma, as pluralidades se tornam mais claras.

Já o aprendizado do “ser” exemplifica a necessidade desse cidadão estar completo para não se afundar num universo de notícias verdadeiras ou falsas. O senso crítico precisa ser presente ao conviver com essa nova tecnologia de informações contínuas.

Porque adotar novas tecnologias em sala de aula

Não é difícil encontrar escolas ou instituições que tenham banido o uso de smartphones ou que bloqueiem inúmeros aplicativos em sua rede de computadores. Na França, existe até mesmo uma lei proibindo celulares em sala de aula. Embora faça sentido, dada a dificuldade em controlar sua utilização, pode acabar sendo contraprodutivo.

4 pilares da educação lousa digitalA batalha contra o celular pode ser facilmente perdida se este se tornar objeto de proibição. Cada vez mais, o objetivo tem sido incluí-lo no andamento da aula. Ou ao menos torná-lo menos interessante perante ao que está sendo apresentado pelo professor. A possibilidade de interação com o conteúdo é sempre muito bem-vinda. Para uma geração que está sempre conectada, é um desafio manter a concentração em um modelo mais tradicional.

Um ponto essencial é que as aulas precisam ser mais dinâmicas. Não dá mais pra ficar com o quadro de giz ou quadro e caneta enquanto o mundo está acontecendo. É preciso se adequar ao novo modelo de vivência dos estudantes, que estão sempre em contato com imagens, vídeos, infográficos. Essa nova linguagem precisa ser utilizada em favor do aprendizado. Isso dará ao aluno mais ferramentas para buscar seu aprendizado sempre que precisar.

Os 4 pilares da educação foram desenvolvidos na década de 90 e são continuamente revisados. Sua base, porém, é sempre semelhante, dando importância à evolução do estudante. E isso precisa abranger também o modelo de ensino. É preciso avançar na maneira de ensinar, facilitando o processo tanto para o mestre, quanto para o aprendiz.

Se você está sempre interessado em otimizar sua sala de aula, é importante ficar atento para as tecnologias que estão oferecendo esse tipo de suporte. A MOVPLAN é uma empresa dedicada a desenvolver soluções educacionais eficientes para o dia a dia do aluno e do professor. Entre em contato conosco e descubra como seus produtos podem te ajudar a implementar os 4 pilares da educação com ajuda da tecnologia!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba nossos artigos por email