fbpx

Empresas fazem parceria em ensino

Empresas fazem parceria em ensino

DCI

A MOVPLAN, de Ribeirão, e a TestOut, norte-americana, miram a falta de profissionais capacitados no setor de TI, no qual a demanda cresce ano a ano.

A MOVPLAN, empresa de Ribeirão Preto que oferece produtos e soluções para o mercado educacional, e a TestOut, norte-americana que desenvolve cursos para formação, capacitação e certificação no segmento, anunciam parceria para que a companhia brasileira seja representante exclusiva de seus cursos on-line.

Com a união, o Brasil será o primeiro país da América do Sul a dispor da tecnologia TestOut. Segundo estudo da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), em 2012, o segmento já apresentava um déficit de 50 mil profissionais no Brasil, número que deve superar a marca de 400 mil até o ano de 2022. É para diminuir tal defasagem que a parceria entre as empresas vai atuar, por meio de um portfólio completo de cursos de formação em TI, apresentando com conteúdo diferenciado e simuladores virtuais.

Segundo os empresários, outro dado que comprova existência de demanda por profissionais capacitados é que, de acordo com estudo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), somente em 2014 foram criadas 78,5 mil vagas em TI, sendo que 44 mil deixaram de ser preenchidas por falta de profissionais capacitados.

Até o momento são dois cursos totalmente readaptados ao mercado brasileiro. Um deles é o PC Pro (Hardware e sistemas operacionais), um curso de 80 horas que ensina todo o processo de manutenção de computadores. Em breve estarão disponíveis o Rede Pro (administração de rede), Security Pro (segurança da rede) e Office Pro (Word, Access, Excel e PowerPoint). Todos os cursos são aplicados na plataforma LabSim, um laboratório virtual desenvolvido por cientistas da Nasa, que combina simulados, videoaulas, textos e exames práticos para melhor preparar os alunos para a certificação no setor de TI.

Ao final de cada curso, o aluno passa por uma avaliação 100% prática para que possa receber a certificação internacional. “Acreditamos que nossa tecnologia de material didático e o software LabSim trará formação e oportunidade de emprego para os brasileiros, ajudando a eliminar o ‘apagão’ de mão de obra no País. Além disso, os alunos recebem certificados baseados no desempenho que são globalmente reconhecidos”, diz Roy Olsen, diretor de vendas da TestOut.

Ele explica que as simulações de laboratório proporcionam aos alunos a experiência do mundo real, ao realizarem tarefas que encontrarão no dia a dia. Os alunos podem praticar a configuração de hardware, instalar drivers, gerir sistemas operacionais e configurar dispositivos de rede, tudo no próprio browser. “Com o sistema TestOut, as escolas não precisam investir em um laboratório físico, permitindo que cada aluno tenha um simulador em seu computador. O LabSim oferece aos estudantes uma experiência de aprendizado envolvente a um custo acessível e aos educadores uma solução flexível”, acrescenta Esdras Santana, diretor executivo da MOVPLAN.

Jornalista: Bete Cervi

Fonte: DCI

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba nossos artigos por email